Depressão: o problema não é só seu

Onze milhões. Este é o número de pessoas afetadas pela depressão no Brasil, de acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No mundo, são cerca de 300 milhões de adoecidos. Os sintomas mais comuns apresentados pelos pacientes são a predominância de um estado melancólico, dificuldade em executar tarefas cotidianas e aparente falta... Continue lendo →

Anúncios

Transtornos mentais são os principais responsáveis por afastamentos na categoria

Ritmo intenso de produção, pressão excessiva, metas a cumprir… Conviver com essas questões é uma batalha cotidiana e emocionalmente desgastante para os trabalhadores e trabalhadoras das agências bancárias. Não é à toa que os problemas de ordem emocional são hoje os principais causadores de adoecimento e afastamentos dentro da categoria. De acordo com o último... Continue lendo →

LER é lesão, não lerdeza

Quem tem LER/DORT (Lesões por Esforços Repetitivos/Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho) sofre duas vezes: primeiro pela dor constante que traz limitações aos movimentos nos braços, ombros, punhos; depois pela invisibilidade da doença, muitas vezes não entendida pelo colega de trabalho, chefia e familiares. É mais fácil ter uma ferida exposta que não deixa dúvida sobre... Continue lendo →

Assédio moral, um mal a ser combatido

O Sindicato dos Bancários/ES, comprometido com a saúde e vida dos bancários e bancárias, recebe denúncias e desenvolve, constantemente, ações de combate às práticas de assédio moral nos bancos. O assédio, ou violência moral, tem sido utilizado como um instrumento de gestão em bancos públicos e privados para impor metas e um padrão de modo de trabalho... Continue lendo →

Cuide da cabeça, do corpo e da alma

Tonturas, irritações frequentes, pesadelos, palpitações, falta de ar e outros sintomas que parecem isolados, mas que podem ser sinais de depressão, síndrome do pânico e outros doenças do campo mental relacionadas ao trabalho. A categoria bancária é uma das que mais adoece no país. Para a psicóloga Renata Paparelli, professora e supervisora de estágios de... Continue lendo →

Atestado não é para ficar na gaveta

Você já recebeu atestado de afastamento do trabalho, colocou o documento na gaveta e voltou ao trabalho porque tinha muita coisa acumulada? Pois é, mas você não é super homem nem super mulher. O banco não vai reconhecer essa sua dedicação nem te valorizar por isso. Quando achar que precisa diminuir custos, vai demitir sem... Continue lendo →

Sua saúde em primeiro lugar

  Você já deve ter ouvido a frase “o trabalho dignifica a vida”. Sem dúvida trabalhar é parte importante da rotina diária de qualquer pessoa. O ser humano se constrói estruturalmente, intelectualmente e emocionalmente por meio das atividades que desenvolve no trabalho e no convívio social. Mas quando o trabalho passa a ser fonte de... Continue lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑